Rússia testa com sucesso scanner de satélites capaz de detectar drones

Uma das maiores empreiteiras de defesa da Rússia realizou testes de voo do sistema de detecção de alvos voando a baixa altitude, em particular, drones.

A holding russa RTI Systems, especializada em pesquisas na área de radiolocalização e telecomunicações, informou nesta quarta-feira (26) sobre os experimentos do novo sistema.

"O Instituto de Radiotecnologia A. L. Mints, membro do grupo de empresas da RTI, está desenvolvendo tecnologias para a criação de complexos de radares, destinados aos sistemas espaciais de observação por radar da superfície da Terra e do espaço próximo à Terra, o que possibilita a detecção de alvos voando em baixa altitude", informou o serviço de imprensa.



"Em 2018, foram realizados com sucesso testes de voo de sistemas de radar a bordo de aeronaves para sensoriamento remoto da Terra", complementou o comunicado.


Tecnologia exclusiva

A empresa especificou que foram implementados métodos inovadores de detecção de objetos em movimento e algoritmos de super-resolução durante o escaneamento da área.


"As novas capacidades técnicas criam novos mercados para os serviços de sensoriamento remoto. O hardware, software e soluções algorítmicas exclusivas aplicadas por cientistas da RTI no complexo de radar […] nos permitirão resolver problemas completamente novos de nossos clientes", disse Maksim Kuzyuk, diretor-geral da holding.

A empreiteira de defesa russa especificou que, no momento, o agrupamento orbital mundial de sistemas de observação por radar está crescendo de forma acelerada, devido principalmente a funcionarem 24 horas por dia em todas as condições atmosféricas, bem como à maior área que podem escanear.

GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS

marca_analisegeo.png
MAIS RECENTE: